Para quem acabou de ter um bebê

Redigida por  //  23 de fevereiro de 2015  //  Mamãe & Bebê, Notas e Notícias  //  Gostaria de comentar algo?

10 dicas da fisioterapeuta Vanessa Marques 

 

Cuidados essenciais e alongamentos posturais para serem realizados em casa podem trazer bem-estar no período da licença maternidade

 

A chegada de um bebê é sem dúvida um dos momentos mais inesquecíveis de uma mulher. Mas durante a licença maternidade, além de toda alteração hormonal e emocional que a mamãe passa neste novo período, há também novos afazeres dentro de casa, como segurar o recém-nascido no colo, amamentar, trocar a fralda. Sem contar a possível depressão pós-parto.

 

Para prevenir e amenizar dores musculares nas costas, câimbras e má-circulação nas pernas e nas articulações, principalmente neste inverno, a fisioterapeuta Vanessa Marques, ensina algumas dicas simples para serem adotadas no dia a dia. Entre elas:

 

 

1-    RESPIRE de forma correta. Esse ato é simples, porém de grande importância para o relaxamento mental e físico. Com toda a mudança de rotina, as mamães no pós-parto muitas vezes não conseguem diminuir o ritmo. Quando estiver confortável, em um ambiente tranqüilo, faça o seguinte: feche os olhos, inspire pelo nariz (puxe o ar) e expire pela boca (solte o ar) lentamente. Na expiração, libere todo o cansaço e se sentirá mais leve depois. Pode repetir quantas vezes achar necessário e se sentir relaxada. Cuidado para não puxar o ar com muita força e sentir tontura.

 

2-    DESCANSE no intervalo das mamadas. É importantíssimo que a mãe esteja descansada e relaxada para que a amamentação seja bem sucedida. O cansaço e o stress da mãe podem diminuir a produção de leite. Aproveite quando seu bebê dormir para descansar, nem que seja meia horinha.  Já irá notar  a diferença.

 

3-    POSTURA.  Não tem corpo que aguente por muito tempo a má postura durante a realização de atividades como amamentar, dar banho ou segurar o bebe.

Durante a amamentação lembre-se de se sentar-se um uma posição correta e confortável. Quando estiver sentada, mantenha os pés apoiados no chão e lembre-se de dar apoio aos seus braços, com almofada de amamentação ou até podendo improvisar com um travesseiro ou rolinho de toalha. Mantenha os ombros relaxados para não sobrecarregar a cervical. Caso prefira amamentar fora da cadeira,  lembre-se de apoiar corretamente a coluna e os braços para que fiquem confortáveis.

Ao trocar a fralda do bebê ou dar banho dê uma atenção especial a sua postura. Não mantenha por muito tempo a sua coluna curvada à frente.

4-   ALONGUE-SE. Medidas simples que farão toda a diferença na sua qualidade de vida. Cuidar de um bebê pode acarretar em dores ou adquirir alguma tendinite, então, nada melhor do que PREVENÇÃO.

 

Três alongamentos que podem ser feitos antes ou depois de amamentar. São simples e não gastam muito tempo. Os alongamentos podem ser feitos na posição sentada com os pés e coluna apoiadas ou em pé com semiflexão dos joelhos:

 

a) Relaxe os ombros e suba-os lentamente associando com a respiração (puxando o ar). Quando soltar os ombros solte também o ar esvaziando os pulmões. Repita de três a cinco vezes.

b) Tracione a cabeça para baixo com a ajuda das mãos na nuca. Mantenha por 10 segundos e repita o movimento duas vezes.

c) Tracione a cervical com cuidado para o lado direito e mantenha 15 segundos, depois repita o mesmo movimento para o lado esquerdo. Repetir de duas a três vezes.

Estes alongamentos deixarão a região cervical mais leve e relaxada.

 

5-   MÁ-CIRCULAÇÃO. Não fique muito tempo na mesma posição. O momento da amamentação é uma boa hora para ativar o sistema linfático. Faça movimentos circulares com os pés cinco vezes para o lado direito e cinco vezes para o lado esquerdo. Caso tenha algum apoio para os pés também irá facilitar o movimento e a circulação.

 

6-   ASSOALHO PÉLVICO.  Independente do tipo de parto, a musculatura desta região deve ser trabalhada. Assim que seu médico liberar o ideal é passar em uma consulta com fisioterapeuta especializado nesta área para uma avaliação completa. Alguns serviços públicos e privados já possuem este tipo de atendimento.

 

7-   ALIMENTAÇÃO. Alimente-se bem no período pós–parto, assim como a gestação, essa etapa requer cuidados especiais com a saúde. Ingerir alimentos nutritivos de três em três horas.

 

 

8-   HIDRATAÇÃO. A ingestão diária de muita água e fundamental para a mamãe.

 

9-   ATIVIDADES FÍSICAS. Assim que seu médico liberar, retorne as suas atividades físicas. Além de socialização com outras pessoas fora do ambiente de sua casa, estará principalmente se dedicando à saúde e bem-estar.

 

 

10-                    DELEGAR. Delegar tarefas facilita sua rotina e não a deixará sobrecarregada. Enfim, curta este momento que é mágico na vida de qualquer mulher. Sabendo que erros e acertos são comuns nesta fase e é neles que aprenderemos a grande dádiva da maternidade.

 

 

 

 

Assessoria de imprensa- fotos e entrevistas:

Andrea Feliconio - www.andreafeliconio.com.br

11-2309-4144       | 9 9144-9663.

 

 

Sobre o Autor

Andrea Feliconio é jornalista, pós-graduada em Comunicação Empresarial/Relações Públicas pela Cásper Líbero e professora universitária do UNIFIEO. Acumula 17 anos de experiência em assessoria de comunicação.

Visualizar publicações de

Gostaria de Comentar algo?

comm comm comm