Tecido do Cordão Umbilical

Redigida por  //  1 de julho de 2013  //  Notas e Notícias  //  Gostaria de comentar algo?

O tecido do cordão umbilical também pode ser coletado e armazenado durante o parto no Brasil

A ideia de armazenarmos as células-tronco para uso familiar tem sido, sem dúvida, um dos assuntos mais discutidos pela sociedade e que coloca a possibilidade a médio e longo prazo de termos um acervo celular importante, um material genético 100% compatível, em relação às populações muito miscigenadas, heterogêneas. No banco público, por exemplo, a chance de se encontrar uma medula pode chegar a ser de uma em um milhão.
Entre as células-tronco adultas, estão as células-tronco hematopoiéticas, que podem ser úteis no tratamento de 100 doenças do sangue, entre elas, leucemias, linfomas e neuroblastomas.

Outro grupo de células-tronco, ainda em pesquisas, são as mesenquimais, devido a sua grande capacidade de diferenciação em tecidos especializados verificada em laboratório.
Para os papais atentos com a saúde dos seus filhos, a CordCell – pioneiro e mais completo centro de terapia celular no Brasil – além da preservar as células-tronco do sangue do cordão umbilical durante o parto, oferece mais um avanço tecnológico do setor da medicina preventiva: armazenar o tecido do cordão.
“Procedimentos independentes, mais quem optar também pela coleta e armazenamento do tecido placentário estará garantindo mais uma reserva importante de células-tronco (as mesenquimais) para as terapias já estabelecidas, como os cânceres do sangue, doenças auto-imunes e aquelas que, em um futuro próximo, estarão ao alcance somente de quem tiver essas células armazenadas, principalmente as doenças degenerativas, muitas sem tratamento convencional estabelecido”, explica dr. Adelson Alves, hematologista e fundador da CordCell.
O procedimento, realizado por um enfermeiro da CordCell devidamente treinado e manipulado pelos cientistas da empresa, é totalmente inofensivo, simples e indolor para a mamãe e bebê.

Sobre a CordCell:

Pioneira no Brasil na coleta, armazenamento e pesquisas visando o uso terapêutico das células-tronco do cordão umbilical, a CordCell está inserida em um conceituado grupo médico com 40 anos de história e que oferece assistência integral em onco-hematologia, oncologia clínica e terapia celular.
Por não terceirizar nenhuma etapa do processo, possui um completo e moderno centro tecnológico, onde são desenvolvidas técnicas de expansão das células-tronco e busca de novas aplicações. O alto investimento em tecnologia, pesquisas e capacitação profissional faz da CordCell um dos maiores pólos de biotecnologia do mundo e o centro de terapia celular mais completo e qualificado do país.
www.cordcell.com.br
Assessoria de imprensa- fotos e entrevistas:
Andrea Feliconio – http://www.andreafeliconio.com.br
Emails: andreafeliconio@gmail.com/ andrea@andreafeliconio.com.br.
11-2309-4144 | 9 9144-9663.

Sobre o Autor

Andrea Feliconio é jornalista, pós-graduada em Comunicação Empresarial/Relações Públicas pela Cásper Líbero e professora universitária do UNIFIEO. Acumula 17 anos de experiência em assessoria de comunicação.

Visualizar publicações de

Gostaria de Comentar algo?

comm comm comm